Notícias


Publicado em:
26
3/2018

Saiba como professores podem prevenir o aparecimento e sintomas da LER

Lesão por esforço repetitivo acomete profissionais e pode afetar a produtividade



Metatags:

Faz parte da rotina dos professores passar horas escrevendo no quadro-negro durante as aulas, ou corrigindo e preparando provas. Com isso, é comum que estes profissionais se queixem do aparecimento de problemas relacionados à recorrência de movimentos, entre eles a lesão por esforço repetitivo (LER).

De olho na saúde deles, as escolas apostam cada vez mais em itens que procuram facilitar o dia a dia de professoras e professores. No lugar da tradicional lousa, por exemplo, algumas instituições já usam os quadros-brancos, de escrita mais suave, e que exige menos pressão nos pulsos e dedos na hora de escrever.

Projetores, materiais multimídia e softwares de gerenciamento também são boas ferramentas, tornando-se grandes aliados na hora de transmitir o conhecimento aos alunos das mais variadas idades e ocupações.

Além disso, fisioterapeutas também dão dicas de prevenção à LER. São hábitos simples, mas que podem transformar a rotina dos professores em algum mais prazeroso, com maior qualidade de vida.

Confira:

- Pratique atividade física regularmente, e evite grandes períodos de sedentarismo
- Use roupas e calçados confortáveis para trabalhar

- Procure carregar apenas os objetos necessários, a fim de não sobrecarregar os braços, mãos e ombros

- Durante os momentos de folga, procure não repetir os mesmos movimentos de quando está trabalhando. Se puder, evite o uso do computador, por exemplo

- Faça intervalos de pelo menos cinco minutos a cada meia hora em que estiver escrevendo no quadro-negro

- Na hora de corrigir provas, faça pausas de 10 minutos a cada 40 minutos trabalhados

Fonte: Primeira Página


Últimas notícias

Alto custo do frete é desafio para e-commerce

Estudo de Propensão ao Consumo da SAP aponta que custo da entrega é responsável por 70% do abandono da compra no carrinho.
Leia Mais

Proteja seu e-commerce de fraudadores internacionais

Atenção a países de risco, suspeitar de endereços de IP e desconfiar de compras incomuns em larga escala estão entre as dicas.
Leia Mais

PMEs brasileiras estão de olho na indústria 4.0

Pesquisa aponta que 38% das pequenas e médias empresas enxergam nas tecnologias o caminho para melhores produtos e serviços.
Leia Mais