Notícias


Publicado em:
5
8/2018

Moleskine Brasil traz novidades em produtos licenciados, canetas e mochilas

Entre os lançamentos exclusivos da marca italiana na feira estão o conjunto de lápis com cores pastéis, novas edições limitadas 007, Looney Toones e Super Mario.



Metatags: Moleskine, cadernos, instrumentos de escrita, mochilas, Nomad, 007, Looney Toones, Super Mario

Sinônimo de cultura, arte, memória e imaginação, a Moleskine reservou uma série de novidades para mais uma participação na Escolar. Entre os lançamentos exclusivos da feira estão o conjunto de lápis com cores pastéis, novas edições limitadas 007, Looney Toones e Super Mario, e os diários de paixões, que neste ano apresentam novo design e sete temas: Viagens, Receitas, Vinhos, Diário do Bebê, do Casamento, Bem-Estar e Livros.

A marca italiana apresenta também a nova coleção de bolsas e mochilas Nomad, cuja leveza e resistência as tornam perfeitas para explorar a cidade, e que podem ser encontradas nas edições limitadas 007 e Super Mario.

Para completar o mix, a Moleskine mostra em seu estande as novas canetas Go Pen, com o característico design da marca.
A Moleskine foi criada em 1997, inspirada em trazer de volta o caderno preto sem nome e essencial, usado por escritores e artistas como Van Gogh, Pablo Picasso, Ernest Hemingway e Bruce Chatwin. Hoje considerada uma das 10 marcas mais amadas no mundo segundo o site LoveMarks, ela engloba uma família de objetos, como cadernos, agendas, diários, bolsas, instrumentos de escrita e acessórios de leitura.

Fonte: Primeira Página


Últimas notícias

Cinco dicas do Sebrae para quem quer abrir um e-commerce

Plano de negócio é o primeiro passo para os interessados.
Leia Mais

Natal deve movimentar R$ 53,5 bi na economia

Dados da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas e do Serviço de Proteção ao Crédito apontam que mais de 110 milhões de consumidores devem ir às compras e investir, em média, R$ 116 por produto.
Leia Mais

Quatro em cada dez brasileiros pretendem abrir um negócio até 2020

Na frente de países como Japão, Brasil entrou no ranking com Arábia Saudita, México, Índia, África do Sul e China.
Leia Mais