Notícias


Publicado em:
27
9/2018

Carimbos: quando a necessidade leva ao lucro

Fundamental em muitas atividades profissionais, produto oferece alta porcentagem de lucro para quem revende



Metatags: Carimbo, Papelaria, Lucro, Personalização

No consultório médico, um documento da escola, uma nota de loja, na repartição pública. Se olharmos para todos os lados, o carimbo está presente registrando algo e sendo um item de grande necessidade.

Além disso, a margem de lucro de revenda do produto, de acordo com quem o produz, é bem atrativa: em torno de 80% nos modelos prontos e bem maiores nos personalizados.

E qual é o público que consome carimbos em uma papelaria? Como a burocracia no Brasil é grande, muitos setores acabam necessitando do item no dia a dia. Empresas, pequenos comércios, profissionais liberais como médicos, advogados, professores, contadores, e setores governamentais são consumidores potenciais de carimbos, e o ponto mais acessível para este público são as papelarias.

Uma das melhores maneiras de uma papelaria se diferenciar dos concorrentes é oferecer a personalização do carimbo, que pode ter a propaganda do cliente ou até mesmo uma foto da família.

Fonte: Primeira Página, com matéria da Revista da Papelaria


Últimas notícias

Gloob comemora 35 milhões de produtos licenciados vendidos

Propriedades da marca despontam no mercado em diversos segmentos, como papelaria, brinquedos, confecção, calçados e outros.
Leia Mais

Dicas para economizar na compra do material escolar

Programar-se com antecedência, reaproveitar itens do ano anterior e juntar-se a outros pais para comprar em maior quantidade podem diminuir o impacto no orçamento doméstico
Leia Mais

Inovação versus eficiência

Em artigo publicado na Revista da Papelaria, especialista alerta que a eficiência operacional, tão importante para o crescimento de qualquer negócio, pode sufocar inovação nas empresas.
Leia Mais