Notícias


Publicado em:
14
3/2019

Clube de leitura infantil volta atrás após excluir bruxas, fadas e duendes do catálogo

Leiturinha divulga comunicado ratificando decisão que causou estranheza no meio literário.



Metatags: Escolar Office Brasil, Leiturinha, Clube de Leitura
Divulgação

Depois de causar estranheza com o anúncio de que não aceitaria mais obras compostas por “seres mágicos como bruxas, fadas e duendes”, o clube de assinatura Leiturinha, o maior do País dedicado a livros infantis, voltou atrás em sua decisão. 


Em informe à coluna literária do jornal O Estado de S. Paulo, o Leiturinha admite que “cometeu um erro”, e que já havia voltado a distribuir livros do gênero para seus assinantes.


“A curadoria não exclui bruxas, fadas e duendes, especialmente porque sabe-se da importância do imaginário e destes seres mágicos na literatura infantil”, esclarece o comunicado.


“A intenção da Leiturinha é respeitar a diversidade de crenças, valores e culturas dentro de seleções surpresa enviadas para milhares de famílias. Refletindo sobre a questão, foi publicada uma nova versão do edital, com a reformulação deste tópico”.

Fonte: Primeira Página, com post do blog Babel, do jornal O Estado de S. Paulo.


Últimas notícias

Dia Do Consumidor: 40% dos consumidores que fazem perguntas fecham compra

Atendimento ao cliente é decisivo na hora da conversão. Especialista dá dicas para otimizar o serviço e aumentar vendas.
Leia Mais

Dia da Escola celebra valores e conhecimento transmitido às próximas gerações

No dia 15 de março é celebrada a instituição que, feito uma “segunda casa”, ajuda no desenvolvimento intelectual e emocional de crianças e jovens.
Leia Mais

Comércio eletrônico deve crescer 16% em 2019

Segundo a ABComm, otimismo vem da melhora no cenário econômico e na elevação da confiança do consumidor.
Leia Mais