Feira

Influenciadores digitais direcionam compras das papelarias

 

Camila Jorge e Fernanda Faria contaram em palestra como se relacionam com os donos de lojas do ramo

 

Ela tem 11 anos, pouco mais de 1,50 m de altura, usa laço nos cabelos escovados, e é seguida por mais de 230 mil pessoas na internet. Seu nome é Camila de Oliveira Jorge, e sua especialidade são os produtos de papelaria. Dona de um dos perfis mais populares do setor no Instagram, Camila explica que, na hora de estudar, ter um bom material ajuda, e muito.

A influenciadora esteve presente à Escolar Office Brasil neste domingo (4), em palestra ao lado de Fernanda Faria, que tem 270 mil seguidores em seu perfil no Instagram.

Formada em Direito, ela estuda para passar em concurso público já há dois anos. A papelaria, no entanto, se tornou sua “profissão”. “Comecei a ser procurada por marcas para fazer testes e divulgar produtos”, conta. Para ela, um bom material também ajuda, principalmente na organização.

“O contato com elas é muito bom. Elas são consumidoras, elas testam. A opinião delas gera venda”, avalia Rômulo Pais, da Ipanema Papéis, que dividiu o palco com as influenciadoras. “O público que ama papelaria deve ver que a comunicação com o público está muito mais fácil por intermédio delas do que via um comercial caro”.

Fernanda conta, inclusive, que com frequência se comunica com Pais, “para contar sobre as demandas dos seguidores” e influenciar as compras da Ipanema. Recentemente, ela recomendou que ele investisse em folhas de gramatura mais alta – ao que foi prontamente seguida.

“Hoje é imprescindível ficar de olho em influenciadores de papelaria”, define Fernanda. “Não tem como montar um negócio se não acompanhar esse trabalho”.

 

Fonte: Primeira Página

Redes Sociais