Inspirações

Garota que nasceu sem mãos vence concurso de caligrafia

 

Premiação de US$ 500 foi para Sara Hinesley, de 10 anos

 

Sara Hinesley, uma garota de 10 anos que nasceu sem as mãos, é a mais nova vencedora do Prémio Nicholas Maxim, um concurso de caligrafia para estudantes com déficit cognitivo ou deficiência física. Para escrever, Sara segura o lápis entre os punhos. De acordo com uma entrevista que a campeã concedeu à rede de notícias CNN, trata-se de uma tarefa “fácil”.

O júri era composto por terapeutas ocupacionais, que escolheram dar o prêmio de US$ 500 dólares à garota. Ela ainda não sabe o que fará com o dinheiro, mas diz esperar que sua história inspire outras crianças.

“Se você se esforça, você consegue fazer. Estou orgulhosa e espero que outros que enfrentam desafios possam aprender comigo”, resume Sara. Sua família havia considerado investir em uma prótese para a menina, mas acabou desistindo da ideia.

“A sara é muito independente. Pensa de forma muito estratégica, e encontra sempre uma maneira de completar qualquer tarefa. É tão incrível e funcional sem prótese que realmente não há necessidade”, explica a mãe, Cathryn Hinesley.

 

Leia também: 6 dicas para elaborar uma vitrine e exposição interna que atraem clientes

Leia também: Especializada em bullet journals expande com franquias

 

Fonte: Primeira Página

 

Redes Sociais