Inspirações

Papéis de carta voltam à moda e movimentam redes sociais

Grupos no Facebook reúnem milhares de participantes e geram lucro para colecionadoras

 

Febre nas décadas de 1970 e 1980, os papéis de carta estão de volta, com novas gerações de fãs que aproveitam as redes sociais e blogs para promover a troca, compra e venda destes itens de papelaria tão queridos antigamente.

No Facebook, grupos de colecionadoras como o “Loucas por Papéis de Carta”, reúnem entre 3.500 e 5.000 participantes, de acordo com apuração do jornal Agora.

Todas elas mulheres adultas, que eram crianças na época áurea dos papéis, e que agora matam as saudades interagindo com outras aficionadas.

De acordo com elas, papéis de carta mais raros chegam a custar R$ 200 a folha.

"Há 15 anos, publiquei um vídeo para mostrar minha coleção. A partir daí, as pessoas começaram a me procurar. Tenho clientes na Índia, na Grécia, na Espanha e em outras partes do mundo", conta Rosângela Moreno, 40 anos, moradora de Cerquilho, a 140 km de São Paulo, e dona de cerca de 6.000 papéis de carta que não comercializa – outros 22 mil estão, sim, à venda, em um estoque renovado mensalmente.

 

Leia também: Cartão Material Escolar: programa inteligente para atrair cliente às papelarias

Leia também: 5 dicas para usar o WhatsApp como aliado de vendas

 

Fonte: Primeira Página, com matéria do jornal Agora

Redes Sociais