Mercado

Abordagem personalizada é saída para inclusão escolar de crianças com autismo

Abordagem personalizada é saída para inclusão escolar de crianças com autismo

Diretora e pedagoga da Escola Gaia Educa TEA fala sobre os desafios e atitudes que beneficiam famílias de crianças diagnosticadas com autismo.

 

Celebrado no dia 2 de abril, o Dia Mundial de Conscientização do Autismo tem como objetivo é esclarecer mitos e difundir conhecimento sobre iniciativas e atitudes que beneficiam pessoas com o transtorno.  

Nesse sentido, a inclusão escolar de crianças e jovens diagnosticados com o Transtorno do Espectro Autista (TEA) merece atenção. Promover atividades que desenvolvam a autonomia em atividades cotidianas das crianças, e inserir os professores nessa construção, são desafios comuns na inclusão escolar de alunos no espectro do autismo. 

“Para além da questão do aprendizado, nós temos as questões sociais muito fortes em crianças no espectro do autismo. Por isso, é um desafio grande elaborar um currículo que contemple a base curricular comum e, ao mesmo tempo, as necessidades sociais”, avalia Tatiana Sampaio Paixão, pedagoga e diretora da Escola Gaia Educa TEA, colégio especializado no assunto.

“A saída é sempre olhar um passo antes, com abordagens personalizadas, envolvendo professores, equipe multidisciplinar e responsáveis e ensinando desde operações matemáticas dentro de contextos familiares até tarefas cotidianas, como escovar os dentes” comenta a diretora. 

Fonte: Primeira Página.

 

Redes Sociais