Mercado

Estudante do RS garante medalha em feira internacional de ciências

Juliana Davoglio Estradioto concorreu com outros 1.800 jovens, com idade entre 15 e 19 anos.

 

Uma estudante de administração do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul garantiu medalha de ouro na Feira Internacional de Ciências e Engenharia para Jovens Cientistas Pré-Universitário. Trata-se de Juliana Davoglio Estradioto, de 18 anos, que desenvolveu projeto na categoria de ciências materiais.
No trabalho, Juliana sugere o aproveitamento de resíduos do processo da macadâmia para produção de material orgânico voltado a embalagens e até curativos, substituindo o uso de produtos sintéticos.
“Parece mentira. Às vezes eu me belisco para ver se é verdade. É muito difícil representar o Brasil nesta feira. É mais difícil ainda vencer. São projetos legais do mundo inteiro e eu venci em primeiro na minha categoria. Olha, ainda estou sem palavras. É muito indescritível”, disse em entrevista ao portal UOL.
Juliana Davoglio Estradioto concorreu com outros 1.800 jovens, com idade entre 15 e 19 anos. O prêmio foi entregue em Phoenix, nos Estados Unidos. Detalhe, além do primeiro lugar 3 mil dólares, ela vai poder nomear um asteroide. A cientista só não sabe qual de seus dois sobrenomes será usado.

Leia também: Papel desmata a Floresta Amazônica é mito

Leia também: Professor da USP expõe rotina universitária em diário na internet

 

Fonte: Primeira Página, com matéria da Revista da Papelaria

Redes Sociais