Mercado

Estudantes podem virar cientistas no programa de verão do DataLab

Laboratório de inovação da Serasa Experian está com inscrições abertas até dia 15

 

Estudantes de graduação e pós-graduação de qualquer área podem ter uma experiência diferente no próximo verão: o DataLab, laboratório de inovação da Serasa Experian, está com as inscrições abertas para seu programa SummerLab 2020, que vai acontecer de janeiro a março de 2020. São quatro vagas e os interessados podem se cadastrar até 15 de outubro pelo site www.datalabserasaexperian.com.br/summerlab-2020/.

O objetivo do SummerLab 2020 é proporcionar aos participantes a experiência diária de cientista de dados, além de aproximá-los do mercado de trabalho.

"O programa é uma oportunidade incrível para jovens com curiosidade, talento e vontade de empreender. É ideal para aqueles que desejam experimentar os desafios de pesquisa e desenvolvimento no maior banco de dados da América Latina. Serão dias intensos de aprendizado na prática e com oportunidades de criar soluções para pessoas e empresas do mundo inteiro.", diz o diretor do DataLab da Serasa Experian, Marcelo Pimenta.

O programa oferece remuneração e benefícios para os participantes, e acontece na cidade de São Paulo. No entanto, estudantes de qualquer localidade podem se inscrever.

Foi o caso de Carlla Vicna, que participou de uma das edições. Estudante de Engenharia da Computação na Universidade Federal do Amazonas, ela se inscreveu no programa para se desafiar e aproveitar o ambiente corporativo para aplicar os conhecimentos que tinha em Ciência de Dados.

"Participei de um projeto que tinha o desafio de atuar em Data Science e processamento de imagens. Adorei do início ao fim, desde a parte de construir o banco de dados de imagens até chegar na outra ponta do processo e extrair uma informação útil e de qualidade daquela imensidão de códigos. Fui presenteada com um desafio instigante, criei uma bagagem muito boa de experiências e conheci e mantive contato com profissionais incríveis da minha área. De fato, aprendi muito com todos do DataLab", comenta.

 

Leia também: Mães concurseiras podem amamentar durante prova

 

Leia também: Papelarias lucram com demanda por caixas dos personal organizers

 

Fonte: Primeira Página, com informações da Serasa Experian

Redes Sociais