Mercado

Plataforma de jogos populariza ensino na matemática

Matific permite acesso à Base Nacional Comum Curricular a escolas, professores e estudantes

 

 

O ensino de matemática no Brasil ganhou novo impulso com o uso de tecnologias digitais de gamificação em colégios públicos e privados.

A plataforma de jogos matemáticos da empresa internacional Matific é utilizada atualmente por cerca de 500 mil estudantes no país, do ensino fundamental ao sexto ano.

A tecnologia atende a todos os requisitos da Base Nacional Comum Curricular (BNCC), e permite que colégios, professores e alunos aprendam a usar base comum em sala de aula. A BNCC é uma exigência prevista pelo Ministério da Educação (MEC), para que as escolas sigam um currículo único e estabeleçam os conteúdos essenciais que deverão ser ensinados em todas as instituições de ensino no Brasil.

A recomendação, descrita no documento da BNCC, determina que o ensino fundamental deve ter compromisso com o desenvolvimento de habilidades como raciocinar, representar, analisar, comunicar e argumentar matematicamente.

Este é o caso de milhares de instituições públicas e privadas no País, entre elas a Escola Estadual Henrique Dumont Vilares, de São Paulo (SP), a primeira colocada no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB), e a EE Padre Pasquale Filippelli, de Diadema (SP). No setor privado, as redes de colégios Marista, Rio Branco e Salesiano também utilizam a plataforma de gamificação para alinhamento à BNCC.

O sistema Matific já é adotado em 45 países, com milhões de alunos ao redor do mundo e diversos prêmios internacionais por sua pedagogia e tecnologia. No Brasil, a plataforma de matemática atende 500 mil estudantes, de cerca de 1 mil instituições de ensino.

 

Leia também: Poesia e geografia se unem em livro quebra-cabeça

 

Leia também: Papelarias lucram com demanda por caixas dos personal organizers

 

 

Fonte: Primeira Página

 

 

Redes Sociais